LDSTechForumProjects

Conectividade com a Internet

MHTech.png


O processo para obter conectividade com a Internet na sua capela não é muito diferente de se conseguir Internet em sua casa. Em ambos os cenários, você avalia as Internet Service Providers (ISPs) disponíveis em sua área e escolhe aquele que lhe oferecer melhor velocidade, banda larga, serviço e suporte por um preço adequado. No entanto, ao procurar Internet para a sua capela, você poderá ter que considerar requisitos adicionais de banda larga, especialmente se você estará realizando transmissões, treinamentos, e múltiplos usuários online simultaneamente. A instalação também vai depender de uma série de fatores específicos, tais como o tipo de construção do edifício e a recomendação do seu gerente da unidade. Em um esforço coordenado entre o especialista em tecnologia da estaca e o grupo de gerenciamento de instalações, siga os passos abaixo para ter Internet conectividade em sua capela.

1. Estimativa dos requisitos de velocidade e banda larga

Antes que você possa avaliar ISPs na sua área, você precisa definir seus requisitos de banda larga. Banda larga se refere à quantidade de dados que você pode transferir de uma só vez a partir da Internet para o seu computador (ou vice-versa), e é medido em kilobits por segundo (Kbps) ou megabits por segundo (Mbps). A mídia audiovisual tem mais dados para transferir do que uma página de texto, assim você vai precisar de mais banda larga para ver a mídia audiovisual na Internet do que você precisaria para ver o texto.

Ao estimar os requisitos de sua banda larga, considere as seguintes perguntas: Você vai transmitir da sua capela? Você vai exibir a Conferência Geral? Quantos usuários simultâneos que você irá suporta? Você tem uma Centro de História da Família com vários computadores, ou algum outro edifício ao lado que precisa de acesso à internet? Você vai acomodar videoconferência? Você vai treinar um grupos de pessoas em vários sites da Igreja, como “jobs.lds.org” ou “new.familysearch.org”? Leve tudo isso em consideração ao calcular os seus requisitos de banda larga.

Se você precisar de um gráfico mostrando o consumo de banda larga para aplicações comuns da Igreja, veja o PDF de orientações para banda larga.

Você não precisa somar os números. Basta ter uma noção geral sobre as expectativas de banda larga. Muito provavelmente a banda larga que você for precisar cabe dentro das possibilidades que a janela de preços te permite.

Nota: Tenha em mente que cada usuário da Internet ocupa porções da banda larga existente. Se você estiver holding a meetinghouse Webcast na melhor qualidade, enquanto o bispado estiver usando o MLS, consultores de história da família estão fazendo pesquisas sobre familysearch.org, os jovens estão visitando os vídeos da Mormon Message na lds.org, e outros membros estão lendo as escrituras on-line, você pode ficar sem banda larga disponível. Se isso acontecer, a Internet vai diminuir ou parar, e qualquer Webcasts vai parar de transmitir. Se você está realizando um Webcast, garanta que outras pessoas não estão usando a Internet ao mesmo tempo.

2. Encontrar um Internet Service Provider (ISP)

Depois de ter uma estimativa de seus requisitos de banda larga, você está preparado para iniciar uma avaliação do ISP na sua área. Embora a Igreja está negociando com vários dos ISPs para obter descontos pelo volume, atualmente não há nenhum ISP oficial que a Igreja apoie. Até porque ISPs variam muito de região para região, então muito provavelmente a sua seleção será baseada em uma série de fatores únicos e específicos para sua área. Em geral, selecione o ISP que oferece o melhor negócio para a banda larga que você precisa.

Tenha em mente os seguintes critérios ao avaliar o ISPs:

Recomendações Locais de Área. Reveja as recomendações específicas de área para ISP (se houver alguma) do seu escritório local. A página de implementação local na área lista ISPs recomendadas para cada área. Se outras estacas em sua área já têm Internet, descubra quais elas estão usando e se estão funcionando bem para eles.

Preço. A faixa de preço para o serviço de Internet nos Estados Unidos está entre US $ 30 a $ 50 por mês, sem custos adicionais para a instalação. Dependendo da seu área, essa faixa de preço pode não ser possível. Para esta tabela de preços, você só vai obter conexões residenciais, que são compartilhadas, e não conexões empresariais ou linhas dedicadas. Se a sua capela requer mais banda larga, pode ser necessário contatar o seu Escritório de ÁBold textrea para aprovação.

Velocidades de Banda Larga. A faixa de preço da banda larga para US $ 30 a $ 50 por mês nos Estados Unidos é aproximadamente de 6 Mbps para downloads e de 2 Mbps para uploads. Os ISPs as vezes se referem ao total de banda larga, como “10 Mbps, com 8 para download e 2 para upload" ou algo semelhante. Tenha em mente que as velocidades anunciadas pelo ISP não tem nenhuma garantia. Normalmente eles só prometem velocidades "até" uma certa quantia. A maioria dos ISPs fornecem hospedagem compartilhada, de modo que a banda larga máxima em um dado momento depende de quanta banda larga que os outros usuários na mesma conexão também estão usando. O resultado é o mesmo que com o tráfego na rodovia: mais carros/usuários resulta em trânsito/banda larga lento.

Limites de Uso. Descubra se o ISP tem um limite de utilização para a quantidade de banda larga que você pode consumir por mês. Por exemplo, se você consumir mais de 250 Gigabytes de dados em um mês, um ISP pode limitar seu serviço de Internet (250GB é uma grande quantidade de dados para transferência -- mais do que você provavelmente precisará). Limites de utilização são mais comum em locais internacionais. Se o ISP tem um limite na quantidade de banda larga que você pode consumir, você pode atingir o limite em um momento improvável, como durante um webcast para uma estaca inteira. Quando você chega ao limite, a sua banda larga de freqüência fica restrita até que o próximo mês começe.

Tipo de conexão. Os ISPs entregam a banda larga de diferentes maneiras, como por meio de fibra óptica, cabo, satélite, wireless, celular (2G, 3G, 4G), telefone (DSL), ou por microondas. O mecanismo de entrega depende do que está disponível na sua área, mas, em geral, tenha como objetivo ser por fibras ou por cabo. A conexão será mais rápido e mais estável, mas essas opções poderão não estar disponíveis em todas as áreas. Evite conexões dial-up ou por satélite, pois as velocidades de banda vão ser muito lentas e a latência muito alta para suportar a maioria das necessidades da meetinghouse.

Nível de serviço. O nível de serviço é a promessa do ISP da quantidade de tempo de atividade que é garantida. Por exemplo, um ISP que garante 99% de atividade permite que o ISP tenha cerca de 7 horas de inatividade por mês (uma vez que um mês tem 720 horas). Descubra quais os níveis de serviço que o IPS oferece e como eles o monitoram para garantir que atendam o nível de serviço.

Exigências Contratuais. Evite longos contratos, como contratos de três anos, mesmo se o contrato oferecer um desconto no preço. Os contratos de longo prazo te prendem em um acordo fixo com pouca mobilidade para mudança para abraçar novas tecnologias ao passo que elas se tornem disponíveis.

Nota: Não contrate um serviço de Internet de qualquer ISP que requeira o seguinte: pacote de serviços (telefone e serviço de Internet que combina na mesma linha), combinado faturamento (combinando a conta de telefone e Internet em uma única fatura do cliente).

3.

4.

5.

Se você precisar de ajuda para identificar e avaliar opções de alta velocidade na sua área, você pode entrar em contato Xilec banda larga (o serviço é gratuito).

This page was last modified on 1 February 2011, at 15:49.

Note: Content found in this wiki may not always reflect official Church information. See Terms of Use.